Inseminação Intra-Uterina (IIU). Vantagens e Desvantagens!

Esse tratamento é o que chamamos de baixa complexidade, por ser uma técnica simples e barata. Seria a fertilização do oócito pelo espermatozóide de uma maneira mais perto do natural, dentro do organismo da mulher.

Nem todos os casais são indicados a realizar esse procedimento. A Inseminação intra-uterina não é indicada para mulheres que possuem obstrução de tuba uterina e/ou homens que possuem anormalidades severas no espermograma.

Esse tipo de procedimento é a primeira indicação dos médicos se o casal não tiver as causas citadas acima.

Três tentativas de gravidez com essa técnica têm as mesmas taxas de gravidez, variando de 12-20% de acordo com a idade da mulher e a causa inicial. As taxas diminuem com o avanço da idade.

Não ocorrendo a gravidez, os ciclos de fertilização in vitro serão indicados.

Existem algumas barreiras antes do espermatozóide chegar ao oócito que pode ser a causa da não gravidez pelo casal e se tudo não estiver dentro da normalidade, os espermatozóides podem morrer ou serem barrados. Assim a Inseminação intra-uterina pode ajudar muito nestes casos mais simples; ex: secreção vaginal muito ácida,  canal cervical obstruído, endometriose, ovulações irregulares, fatores imunológicos ( anticorpo anti-espermatozóides) ou até nos casos de dispaurenia (mulheres com muita dor nas relações sexuais).

O tratamento consiste em três etapas: 1.) estimulação ovariana controlada ou estimulação natural 2.) indução da ovulação e 3.) preparo dos espermatozóides e introdução deles no útero.

1.)  A estimulação ovariana é bem mais leve do que em tratamentos de alta complexidade (FIV/ICSI), o importante é estimular apenas 01 folículo para amadurecer, senão a probabilidade da presença de gestação múltiplas é maior.

2.) A indução da ovulação é realizada após o folículo crescer (12-14 dias após a menstruação) para o  amadurece-l0 e rompe-l0  dentro do ovário. O oócito é liberado do folículo maduro e encaminhado para a tuba uterina para que os espermatozóides capacitados possam encontrá-lo, permanecendo viável para a fertilização de 24-48 horas após a ovulação.

3.) O preparo do sêmen é realizado mais ou menos 36 horas após a indução da ovulação. São separados os melhores espermatozóides, através das técnicas de capacitação. Após a separação eles são colocados em um meio de cultura com substratos.

O procedimento de inseminação é realizado dentro do consultório do médico, simples como um exame de papanicolau. Os espermatozóides são colocados dentro de um cateter e ele então é levado até o útero da mulher pela vagina/colo do útero (foto ao lado). Então os epermatozóides nadarão sozinhos até o oócito para fertiliza-lo. Os incômodos ocasionados pela inseminação são cólicas leves devido ao cateter cutucar o colo do útero. Após a inseminação o casal realiza um repouso prévio e logo é liberado.

Significados:

endometriose: doença que acomete as mulheres em idade reprodutiva e que consiste na presença de endométrio em locais fora do útero. O endométrio é a camada do útero que cresce a cada ciclo para receber o embrião, se não ocorre a gravidez ele se desfaz, caindo ou seja a menstruação.

tuba uterina: “trompa de falópio” Ligação do ovário até o útero.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Inseminação Intra-Uterina (IIU). Vantagens e Desvantagens!

  1. Pingback: Replanejar o Cotidiano Ajuda nos Tratamentos de FIV/IIU « Dúvidas sobre Reprodução Humana Assistida para Pacientes

  2. Pingback: Endometriose e Infertilidade « Dúvidas sobre Reprodução Humana Assistida para Pacientes

    • Olá Eva, desculpe a demora. Os valores para os tratamentos podem variar.
      Se está falando da inseminação intra-uterina (IIU) onde só é colocado os espermatozoides dentro da mulher pode variar de R$ 2.000 a 4.000 reais.
      Se está falando da fertilização in vitro (FIV/ ICSI) onde é colocado o embrião dentro da mulher pode variar de R$ 10.000 a 16.000 reais.
      Espero ter ajudado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s