Entenda nova técnica de fertilização usada no nascimento de bebê no RJ

O Invo é um método de reprodução assistida que promete baratear os custos e trazer vantagens também em relação à eficácia do tratamento. Campos, no Norte do estado do Rio de Janeiro, aplica a técnica na rede pública e anunciou na última terça-feira (23) o nascimento de Maria Vitória como o primeiro fruto da novidade no Brasil. No mesmo município, outras sete mulheres ficaram grávidas com o mesmo processo.

Francisco Augusto Colucci explicou quais são, no seu ponto de vista, as vantagens da técnica, ele é coordenador do Hospital Escola Álvaro Alvim.

Foto acima sofoto.org

“O objetivo da fertilização é promover o encontro dos gametas, que são o óvulo e o espermatozoide”, explicou o médico, falando da reprodução assistida como um todo. Na versão tradicional da inseminação artificial, “esse encontro é feito em laboratório, numa placa, depois vai para uma incubadora que mimetiza [imita] as condições do corpo humano”. Essas condições que a incubadora tenta reproduzir são, principalmente, a temperatura e os gases presentes no corpo da mulher.

No Invo, o óvulo e o espermatozoide são guardados em uma cápsula (foto abaixo site invo) que é colocada dentro da vagina. Presa por um diafragma comum, ela fica ali por três dias. Dessa forma, a fertilização acontece dentro do corpo da mulher. Para Colucci, é um processo “mais natural”, que traz também benefícios para o aspecto psicológico da mulher.

Como o processo aproveita as condições do corpo da mulher, ideais para a fertilização, o risco de falhas diminui. Segundo o médico, são usados menos remédios que na inseminação tradicional, e faz com que os custos caiam. Não usar a incubadora também contribui para baixar o preço.

Disponibilidade
Como o Sistema Único de Saúde (SUS) tem organização e gestão descentralizadas, é difícil saber onde o tratamento está disponível gratuitamente. De um modo geral, ele informa que “procedimentos relativos à reprodução humana assistida já são oferecidos no SUS, por meio de serviços públicos (normalmente hospitais universitários) e hospitais conveniados”.

O SUS afirma ainda que “cabe às secretarias estaduais e municipais definirem sua rede de serviços e assistência à população”.

Informações globo.com

Site e Técnica  INVO

http://www.invobioscience.com/

http://www.youtube.com/watch?v=GSjkbk87Wzs&feature=player_embedded

 

 

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Entenda nova técnica de fertilização usada no nascimento de bebê no RJ

  1. gostaria de saber se meu marido pode ter filho estou a 5 anos com ele enada .volume 3,00 ml
    consistência normal
    aspecto normal
    ph: 8,0
    liquefacao;30 minutos
    concentração ml;74.000.000 acima de 20 milhões
    t espermatozóides 222.000.000 acima de 40 milhões
    outras celulas 700.000 (=25%OU A+B=50%
    tipo B 40,milhões ml (54,05%)(progressão lenta ou nao linear
    tipo c 3,00 milhões ml(4,06%)motilidade nao progressiva)
    tipo D 25 milhões ml(33,78) imóveis
    teste de oesina 27,00% abaixo de 50%
    teste hiposmotico avima de 60%
    morfologia (ausência de anomalidades)16,00%
    A anomalias estruturais 53,00%
    B anomalias acrossomicas/nucleares 0,50%
    C anomalias de peca intermediarias 7,50%
    D anomalias de cauda 1,00%
    foram avaliados segundos critérios estritos (menkvele.r .estander Fotze .Truger TF.van zye JA.00)(hum.reprod 1990;5;586)200 espermatozóide ,sendo 16,00% classific0a0dos normais (valores normais acima de 14%)
    por favor me ajudem quero muito saber se o problema e comigo ou com ele pois estou vom ele a 5 anos..e tenho um filho de 7 anos de outro relacionamento..obrigada

    • Olá Priscila,
      Desculpe a demora. A amostra dele está normal para os padrões analisados. Em muitos casos quando a infertilidade é secundária, ou seja, quando já se têm 1 filho e não consegue o segundo, pode ser devido a obstrução tubária ou idade.
      Idade: Após os 38 anos é muito difícil engravidar espontaneamente.
      Obstrução tubária: Pode ser devido a alguma infecção, mesmo assintomática. As tubas uterinas se fecham devido a um processo inflamatório e os espermatozoides não conseguem encontrar os óvulos. Nestes casos somente com fertilização in vitro, pois os resultados são melhores que tentar desobstruir as tubas uterinas. Existe um exame para fazer esta checagem: Histerosalpingografia.
      Espero ter ajudado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s